Header Ads

Dividido, PP pensa nas eleições municipais e estaduais

O debate com PCdoB sobre aliança para a prefeitura de Porto Alegre anima uns e desanima outros progressistas. Daqui a dois anos, o PP poderá disputar o Palácio Piratini com reais chances de vitória, se não cometer erros políticos até lá.

No dia 15 de novembro deste ano, faz 30 anos que o partido (à época PDS) venceu a última eleição para o governo gaúcho. Jair Soares superou Pedro Simon por escassa diferença de 22 mil votos, em 1982, e se tornou o primeiro governador eleito do período pós-militares.

Jair fez um governo voltado à valorização do servidor público e ao controle do desperdício. Exemplos que partiam de dentro do próprio Palácio Piratini, onde até energia elétrica era economizada.

O governador pagava bem o funcionalismo, mas exigia trabalho e respeito ao cidadão. Figura popular e de forte personalidade, dava trabalho à segurança pessoal e aos “omissos” do serviço público. Não raro, descia a rua da Ladeira, sozinho, mandando os seguranças voltarem para o Piratini. Também costumava ir pessoalmente conferir se pontos de atendimento à saúde pública funcionavam normalmente. As incertas ficaram famosas.

Se houvesse reeleição, talvez tivesse comemorado outra vitória. Para 2014, o nome é Ana Amélia, a dona da iniciativa de aproximação com os comunistas. (Clésio Boeira.)
Tecnologia do Blogger.