Header Ads

Nunca antes neste país

Queda do Muro de Berlim, símbolo do comunismo.
Os membros do diretório do PP de Porto Alegre certamente nunca imaginaram que teriam de tomar decisão parecida com a de segunda-feira (coligação com PCdoB ou PDT), que desafia seu estatuto e programa, que defendem democracia, capitalismo, livre expressão do pensamento, pluralismo político, imprensa livre, culto religioso... O pragmatismo está destruindo os partidos. Esse processo de deterioração da política se acelerou com a primeira eleição do ex-presidente Lula, que conseguiu imprimir caráter de normalidade ao que a esquerda sempre chamou de “alianças espúrias”. Imediatamente mais de 20 partidos de esquerda, centro e direito se aliaram ao governo federal, sob o argumento de que o “Muro de Berlim” (símbolo da violência comunista) havia caído. De lá para cá, nada mais causa estranheza na política brasileira. O que importa é o poder e suas benesses. As ideias que se lixem.
Tecnologia do Blogger.