Header Ads

Simon diz que CPI do Cachoeira engaveta investigações

 O senador Pedro Simon (PMDB-RS) atacou a condução da CPI do Cachoeira, que considera “um vexame”, e anunciou que vai apelar ao Conselho de Ética do Senado, uma iniciativa inédita na história das CPIs no Congresso Nacional.

- Quero que o Conselho de Ética analise a forma como a CPI está sendo conduzida, protelando o trabalho e engavetando o resultado das investigações, além das razões do não comparecimento de líderes partidários do PMDB e do PT, que deixam suas cadeiras vazias, enquanto outros poderiam ser indicados para ocupar o lugar – afirmou.

Simon diz que, pela primeira vez, um empreiteiro foi apontado como corruptor pela Polícia Federal e Procuradoria-Geral da República, mas a CPI demorou tanto para que ele fosse convocado, que, quando isso aconteceu, estava tudo acertado entre os partidos para não aprofundar nada. O mesmo aconteceu com o ex-diretor do Dnit, Antonio Pagot, afirmou Simon: “Ele anunciou que falaria, mas quando foi à CPI, tempos depois, já não disse mais nada, pois estava tudo acertado”.
Tecnologia do Blogger.