Header Ads

Inglês fanático pelo EI é demitido por comentário sobre HIV

Um hospital de Londres demitiu um funcionário ao descobrir que ele apoiava o Estado Islâmico em seu perfil de Facebook e tinha afirmado, demonstrando estupidez, que o HIV é um castigo para aqueles que fazem sexo fora do casamento.

Abdurrahman Siddique, o empregado demitido, trabalhava como administrador de palestras no Hospital Hammersmith, relata The Sunday Mirror. Siddque disse em seu mural do Facebook que os jihadistas têm feito "um bom trabalho".

Em janeiro, Ahmed Merabet zombou do policial muçulmano morto pelos irmãos terroristas, em Paris, dizendo que estava claro que ele não sabia que trabalhar para um Estado laico como agente da lei "é um ato de infidelidade".

A direção do Hospital Hammersmith confirmou que Siddique foi demitido devido aos comentários prejudiciais à imagem da casa de saúde.
Tecnologia do Blogger.