Header Ads

Sartori quer incluir rodovias gaúchas nas concessões federais

O governador José Ivo Sartori quer incluir estradas do Rio Grande do Sul no programa nacional de concessão de rodovias. Durante encontro, nessa segunda-feira à noite, em Brasília, com o vice-presidente da República, Michel Temer, Sartori disse que a inclusão de rodovias estaduais e federais que têm ligação com Santa Catarina favorece o corredor do Porto de Rio Grande.

Segundo Sartori, como já existem estudos de manifestação de interesse em andamento, o governo quer incorporar estradas estaduais nesses levantamentos. "Somos a favor das concessões que interessam à população, sem preconceito político nem ideológico, porque é uma maneira alternativa de melhorar a infraestrutura diante das dificuldades financeiras que temos", afirmou o governador.

Entrariam neste segmento trechos da BR-101 (Torres a Osório), da BR-116 (Porto Alegre a Camaquã), da BR-290 (Eldorado do Sul a Cachoeira do Sul) e da BR-386 (de Canoas até a divisa com SC). "Teríamos estradas em excelentes condições para o transporte pesado até a fronteira e depois com pistas simples", argumentou Canuso. Atualmente, 85% da safra transportada no Rio Grande do Sul se dá por meio rodoviário.

Lançado em junho, o Programa de Investimento em Logística (PIL) do governo federal prevê investimentos de aproximadamente R$ 3,2 bilhões na infraestrutura rodoviária do Estado pelas empresas que vencerem as concessões. Santa Catarina e Paraná somam R$ 14,5 bilhões em investimentos.
Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Tecnologia do Blogger.