Header Ads

Polícia Federal descobre fraude de 6 bilhões de reais na Casa da Moeda

Acompanhada pelo Ministério Público Federal, a Polícia Federal deflagrou, na sexta-feira, 3 de junho, a Operação Esfinge para desbaratar uma quadrilha que fraudava licitações em contratos públicos. Um dos principais alvos é o ex-coordenador-geral de Fiscalização da Receita Federal Marcelo Fisch e a sua mulher, que foram presos hoje, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo os investigadores, o contrato fraudulento foi firmado com a Casa da Moeda e chegou a faturar mais de 6 bilhões de reais nos últimos seis anos. A ação é um desdobramento da Operação Vícios, deflagrada em julho do ano passado. Um escritório de consultoria do bando teria recebido 70 milhões de reais sem prestar os serviços contratados.
Matéria publicada originalmente em 2016-06-03 13:14:13 e republicada devido a problemas no servidor de hospedagem
Tecnologia do Blogger.