Header Ads

Como países muçulmanos tratam judeus, cristãos, mulheres e gays?

O presidente Donald Trump é taxado de intolerante, racista, homofóbico, antimulheres e islamofóbico por vetar imigrantes muçulmanos de alguns países nos Estados Unidos.

Mas como a boa parte dos países muçulmanos tratam judeus, cristãos, mulheres (inclusive em tenra idade) e gays? As respostas podem chocar até quem já as conhece, ao ler o resumo, abaixo, ainda que incompleto.

1. Parte dos países muçulmanos não permite a entrada de judeus (se entrarem, podem ser capturados e até decapitados).
2. Em grande parte do Oriente é crime aparecer em público com crucifixo e/ou bíblia.
3. A conversão de muçulmano ao cristianismo é punida com a morte.
4. Gay é jogado do alto de prédio.
5. Mulher não virgem que se casa pode ser acusada de crime pelo marido.
6. Mulher apanha do marido, que, assim, exerce um direito assegurado por lei.
7. Mulher estuprada é acusada de crime contra a honra e apedrejada até a morte.
8. Mulher tem o clitóris extirpado para que não sinta prazer sexual.
9. Menina com mais de 5 anos pode ser obrigada a casar-se e fazer sexo com adulto.
10. O Islã, especialmente, prega a extinção de não-islâmicos e imposição da Sharia.

Esses são os "coitadinhos" que a esquerdalha defende com unhas e dentes.




Tecnologia do Blogger.