Header Ads

Dilma admite concorrer ao Senado ou à Câmara Federal

Cassada por maquiar as contas públicas de olho nas eleições de 2014, Dilma Rousseff não se dá por vencida. Dona de um dos governos mais corruptos da história do Brasil, a ex-presidente admite, em matéria da revista Veja, tentar o retorno à vida pública por meio de outro cargo eletivo. Pelo Rio Grande do Sul, onde voltou a morar.

“Eu não serei candidata a presidente da República, se é essa a sua pergunta. Agora, atividade política nunca vou deixar de fazer (…) Eu não afasto a possibilidade de me candidatar para esse tipo de cargo: senadora, deputada, esses cargos”, declarou em entrevista à agência AFP.
Tecnologia do Blogger.