Header Ads

Republicanos e Democratas pedem sanções contra Venezuela por corrupção

Trinta e quatro deputados norte-americanos dos partidos Republicano e Democrata enviaram carta ao presidente Donald Trump, pedindo que adote sanções contra ocupantes de altos cargos do governo da Venezuela. Em parte, a petição se baseia em investigação sobre corrupção nas importações de alimentos naquele país.

No mesmo documento, de acordo com o site RT, da Rússia, os parlamentares insistem na necessidade urgente de abrir investigação contra o novo vice-presidente venezuelano, Tareck El Aissami (foto), devido a possível vinculação com o tráfico de drogas e apoio ao terrorismo no Oriente Médio.

A Venezuela é hoje governada por narcotraficantes. Se o vice-presidente é suspeito de ter essa ligação, dúvida não existe em relação ao presidente Nicolás Maduro, que tem o filho de criação Efraín Campos Flores preso em Nova York, depois de ter sido flagrado no Haiti tentando enviar 800 quilos de cocaína para os EUA.

Campos Flores é sobrinho da primeira-dama Cilia Flores e foi criado por ela e por Maduro desde criança. No momento da prisão, ele estava na companhia de seu primo Francisco Flores de Freitas. Eles foram presos em Porto Príncipe, quando desembarcavam com uma amostra da droga que havia sido despachada da Venezuela.
Tecnologia do Blogger.