Header Ads

Prescrevem 78% das ações contra políticos no STF

O senador do Paraná, Álvaro Dias, do PV, mostra que apenas 1% dos processos contra políticos terminaram em condenação nos últimos anos.

Graças à nova Lista de Janot, outros 160 políticos são submetidos ao crivo do Supremo Tribunal Federal e não de instância judicial inferior por força do foro privilegiado. O problema é tomar providência em tempo hábil para evitar prescrições. É bem possível que a maioria dessas medidas, se forem aceitar, jamais sejam sequer julgadas.

Como diz o senador Álvaro Dias, no vídeo abaixo, é urgente acabar com o foro privilegiado. Os argumentos são consistentes. "É humanamente impossível o STF cuidar dessas ações. Por isso, 78% das ações prescreveram nos últimos anos e apenas 1% dos políticos julgados foram condenados". Não perca o vídeo.

Tecnologia do Blogger.