Header Ads

Mantega diz que delação de Marcelo Odebrecht sobre caixa 2 é 'peça de ficção'

Ao depor no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, na quinta-feira (6), o ex-ministro Guido Mantega, dos governos Dilma e Lula, classificou de "pela de ficção" as informações de Marcelo Odebrecht, em delação premiada, sobre pagamentos via caixa dois para a campanha da presidente cassada, de acordo com declaração do advogado da petista, Flávio Caetano, publicada pelo Estadão.

“O ministro Guido Mantega fez um depoimento bastante enfático afirmando que todas as declarações do senhor Marcelo Odebrecht são mentirosas. Guido Mantega disse que o depoimento de Odebrecht é uma peça de ficção”, afirmou Caetano, que defende Dilma na ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que apura possível abuso de poder econômico e político pela chapa Dilma-Temer em 2014.

Mantega é uma das quatro novas testemunhas intimadas pelo ministro Herman Benjamin, relator da ação no TSE. Nesta quinta, o ex-ministro foi ouvido pelo relator por videoconferência. A audiência do ex-titular da Fazenda faz parte da nova etapa da ação contra a chapa reeleita em 2014. Na terça-feira, 4, o plenário do TSE suspendeu o julgamento do caso para ouvir novas testemunhas, entre elas Mantega. Os advogados da petista pediram o depoimento do ex-ministro com base nas revelações de Marcelo Odebrecht.

Em março, o empreiteiro disse ao TSE que Dilma sabia dos repasses via caixa 2, afirmou ter pago R$ 50 milhões à campanha da petista em troca da aprovação de uma medida provisória e apontou Mantega como “interlocutor” dos pagamentos. Segundo advogados que acompanharam o depoimento do ex-ministro nesta quinta, Mantega negou “ponto a ponto” as acusações do empreiteiro.

😇 Falta encontrar quem acredite em Mantega. Fora do PT, claro!
Tecnologia do Blogger.