Header Ads

Entenda por que George Soros financia a esquerda que quer destruir a família

Por que o bilionário capitalista financia a new left que defende feminismo, ideologia de gênero, black lives matter, gaysismo, abortismo, legalização das drogas, livres fronteiras para imigração, desarmamentismo, descriminalização da pedofilia etc? Entenda, agora.

Em excelente artigo publicado pela InfoMoney, Alan Ghani, economista, mestre e doutor em Finanças pela FEA-USP, com especialização na UTSA (University of Texas at San Antonio), explica por que George Soros, bilionário capitalista, financia, mundo afora, grupos de esquerda.

Alan diz que, para compreender o casamento entre Soros e a esquerda, é fundamental entender os objetivos da esquerda, hoje, e o que é Globalismo. Citando o intelectual Flávio Morgenstern, diz que o grande objetivo da esquerda é um mundo de "paz" entre as pessoas.

Assim, para alcançar a tal PAZ, na lógica esquerdista, é necessário um Estado forte, além das fronteiras de um país, capaz de destruir todas as fontes de desigualdades na sociedade, seja racial, sexual ou até de renda. Mais, se o Estado controlar de modo absoluto a sociedade, acima das forças locais de um país, não haveria motivo para as nações entrarem em guerra. É exatamente aí que entra o Globalismo de Soros.

Mas por que Soros financia ONGs, coletivos e movimentos que defendem ideologias que caracterizam a nova esquerda (new left): feminismo, ideologia de gênero, black lives matter, gaysismo, abortismo, legalização das drogas, livres fronteiras para imigração, desarmamentismo, descriminalização da pedofilia etc?

Alan Ghani diz que a razão é simples: "Muitos desdes movimentos de esquerda não são necessariamente contra o capitalismo de Soros, mas contra valores e princípios conservadores, base da civilização ocidental, que representam obviamente uma resistência aos anseios globalistas das famílias Soros, Rockfeller, Ford...

Uma hipótese plausível, de acordo com Ghani, é que, para estes metacapitalistas colocarem em prática seu projeto de governo global (tema muito discutido no primeiro mundo) é necessário enfraquecer qualquer resistência a esse supergoverno.

Evidentemente que todos os elementos defendidos pela direita, principalmente pelos conservadores, são uma resistência ao poder global, tais como a família, a religião judaico-cristã, os poderes locais, o respeito às tradições, aos costumes e à liberdade individual.

Exemplo de motivo para destruir a família: é muito difícil um governo moldar um comportamento numa sociedade em que os valores são transmitidos pela família ou pelo convívio social - e não pelo Estado. Exemplo de motivo para destruir as tradições: é quase impossível um governo impor sua agenda diante de costumes e tradições tão enraizadas na sociedade. Assim, esses elementos conservadores representam uma resistência a qualquer tentativa de CONTROLE de governos sobre a sociedade civil.

Por isso, diz Alan, é perfeitamente compreensível que George Soros, um supercapitalista, financie agendas progressistas em todo o mundo: os movimentos de esquerda lutam contra princípios conservadores, que são pontos de resistência ao projeto globalista de Soros. Muitos desses movimentos esquerdistas não lutam pelos oprimidos, mas pela politização de fatos reais para imporem sua ideologia. Um exemplo: é evidente que existe machismo, mas o problema é politizar o tema para impor uma ideologia e um CONTROLE sobre a sociedade, transformando TODO homem em potencial machista e TODA mulher em potencial vítima. O problema é essa narratiza que explora ressentimentos para impor uma agenda antiliberal e anticonservadora.

Por fim, questionada Alan: "Será que é mera coincidência que uma pessoa adepta da ideologia de gênero defenda também o desarmamento da sociedade civil, o aborto, o poliamor, ridicularize o cristianismo e admire o Obama? Por que será que é tão previsível saber a opinião dos gregórios duviviers e dos cools da Vila Madalena e do Leblon sobre imigração, legalização das drogas, aborto, cotas etc? Por que será que tantas pessoas pensam em bloco sobre todos esses temas? Não sei. Talvez Soros saiba a resposta".

COMENTÁRIO - E aí? Vai ficar aí de braços cruzados, assistindo ao conluio entre Soros e esquerdopata com o objetivo de destruir os valores da nossa sociedade para viabilizar um governo global, autoritário, que cassaria os direitos individuais de todos os cidadãos de todos os países?

Deixe uma resposta