Header Ads

Mondrian

Na Lava-Jato, Operação Satélites II mira ex-assessor de Renan Calheiros

A Polícia Federal desencadeou, na manhã desta sexta-feira (28), a Operação Satélites II, mirando políticos investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A ação de hoje, executada em Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe, São Paulo e Distrito Federal, cumpre mandados de busca e apreensão.

Um dos principais alvos é Bruno Mendes, que já foi assessor parlamentar do senador Renan Calheiros, do PMDB de Alagoas. A investigação se originou das informações do delator Sérgio Machado. Bruno foi gravado e uma das conversas com Machado, ex-presidente da Transpetro, que entregou o conteúdo à Lava-Jato.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República, os mandados visam à colega de documentos, equipamentos, mídias e arquivos eletrônicos, aparelhos telefônicos, valores e objetos em endereços residenciais nos acima citados quatro estados e no DF.

Comentário - Não tem greve na Polícia Federal.

Deixe uma resposta