Header Ads

Mondrian

Marcelo Odebrecht relata propina para campanha de Dilma

Em novo depoimento, Marcelo Odebrecht volta a falar em dinheiro sujo para a primeira eleição de Dilma Rousseff.

Marcelo detalha o pagamento de propina relativa ao Refis da Crise, no segundo governo Lula, de acordo com a Folha de São Paulo. O jornal afirma que "o próprio empreiteiro tratava do assunto com o governo, conversando com o então ministro da Fazenda, Guido Mantega, e seu antecessor, Antônio Palocci".

A matéria da Folha diz que "Mantega, segundo Marcelo, exigiu R$ 50 milhões de propina para encampar o projeto. O dinheiro seria usado na campanha eleitoral do ano seguinte, que elegeu Dilma Rousseff para a Presidência.”

Deixe uma resposta