Header Ads

Posto que não reduzir preço do diesel poderá ser multado e interditado

Um Termo de Cooperação Técnica entre governo federal, Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes e distribuidoras será assinado, nesta sexta-feira, em Brasília, para garantir o repasse do desconto de R$ 0.46 por litro de óleo diesel ao consumidor.

Os postos que descumprirem o acordo poderão receber multa de até R$ 9,4 milhões, suspensão temporária das atividades, interdição e até mesmo cassação da licença de funcionamento. O governo vai jogar duro.

Mas a Plural, entidade que reúne distribuidoras como BR e Ipiranga, já dizem que não será possível fazer o repasse. Alega que o governo não colocou na conta os 10% de biodiesel (não teve impostos reduzidos) que são misturados ao diesel.

Deixe uma resposta