Header Ads

429 militares e policiais são pré-candidatos às eleições de outubro

Um estudo feito pelo jornal O Globo revela que 429 militares e policiais devem concorrer nas eleições de outubro em diferentes estados. São 195 policiais militares, 100 integrantes das Forças Armadas (entre eles, oito generais), 50 policiais federais, 44 policiais civis e 40 inspetores da Polícia Rodoviária Federal.

— A Lava-Jato mostrou a importância do combate à corrupção. Como a Polícia Federal se destacou, isso encorajou delegados, agentes, peritos e policiais de todas as áreas a concorrer - analisa o delegado Edvandir Paiva, presidente da Associação Nacional dos Delegados da PF.

Três generais deverão concorrer aos governos do Distrito Federal, Ceará e Rio Grande do Norte.

— Serão mais, muito mais candidaturas de militares. É aquela questão: existe uma demanda, e o pessoal resolveu participar. Até porque, se a gente quer mudar, só tem duas maneiras: ou é debaixo de pau, ou é fazendo o jogo — afirma o general da reserva Antônio Hamilton Martins Mourão.

Deixe uma resposta