Header Ads

Primeiro-ministro socialista se nega a jurar diante da bíblia ao tomar posse na Espanha

A bíblia e o crucifixo não estavam sobre a mesa, neste sábado, para o juramento de posse do primeiro-ministro Pedro Sánchez, do partido Socialista, na Espanha.

Ao assumir em lugar do conservador Mariano Rajoy, derrubado por uma moção de censura do Parlamento, Sánchez dispensou os símbolos cristãos pela primeira vez desde a restauração da democracia espanhola em 1975, depois de 40 anos de regime franquista.

Pedro Sánchez sempre foi contrário ao ensino religioso nas escolas.

O juramento de lealdade apenas à Constituição ocorreu diante do rei Felipe VI, na Casa Real.

Foto: Reprodução/Casa Real da Espanha

Deixe uma resposta