Header Ads

China planeja lua artificial para iluminação pública

A China está desenvolvendo um satélite para testar a possibilidade de iluminar uma cidade com refletores solares. O equipamento espacial funcionará como se fosse a Lua, em fase cheia, refletindo a luz do Sol, mas com capacidade de iluminação bem maior.

A intenção é iluminar as ruas da metrópole de Chengdu, no sudoeste chinês, para economizar cerca de 150 milhões de euros em eletricidade. Em 2020, um teste será feito sobre um deserto para verificar o funcionamento e os efeitos da iluminação.

A revelação foi feita por Wu Chunfeng, diretor da sociedade científica Tian Fu New Area Science Society e presidente da CASC, empresa ligada ao programa espacial chinês, em entrevista ao jornal China Daily, publicada no final de semana.

Se tudo correr bem, disse Chunfeng, mais duas "luas" serão levadas ao espaço em 2022.

Pode parecer bizarro, mas é real.

CN com informações do UOL.

Deixe uma resposta