Header Ads

Colômbia prende terrorista que planejava ataque em grande país na América Latina

O iraquiano Ahmed Burhan Yahya Syala, de 51 anos, foi preso em Melgar, Colômbia, local em que se fazia passar por empresário, enquanto mantinha contatos fáceis e permanentes com membros do Estado Islâmico, de acordo com o site Infobae. Syala foi identificado e preso por forças da Direção Nacional de Inteligência (DNI), que, em conjunto com uma agência estrangeira, descobriu que, em verdade, tratava-se de um jihadista com objetivo de planejar e coordenar um ataque na América Latina nos próximos dias, publica Infobae.

Autoridades relacionadas à investigação admitiram ao Infobae que "Syala trabalhava em coordenação com outros elementos fundamentalistas para realizar um ataque em um grande país na América do Sul". As mesmas fontes acreditam, de acordo com o site, que "o ataque poderia correr entre o Natal e o Ano Novo, talvez no dia em que Jair Bolsonaro assumirá a Presidência do Brasil".

Infobae diz ainda que as agências de inteligência da região trabalham em conjunto - e emitiram um alerta máximo para suas divisões de contraterrorismo. O site publica ainda que os governos da região não querem tornar a ameaça pública ou oficial, para não causar temor entre seus cidadãos, mas admitem que é melhor evitar festas em lugares públicos tradicionais nas grandes cidades.

Leia também:

Diretor de instituto pró-democracia diz que prisão de terrorista expõe estratégia islânico-castro-chavista...

Deixe uma resposta