Header Ads

Mondrian

Diretor de instituto pró-democracia diz que prisão de terrorista expõe estratégia islâmico-castro-chavista

O diretor do Instituto Interamericano pela Democracia (IID), Carlos Sánchez Berzaín, afirmou, em sua conta no Twitter, que a prisão de um terrorista islâmico na Colômbia é um sinal de "alerta" para toda a região livre da América Latina.

Berzaín disse que o notícia publicada pelo site Infobae América "permite entender estratégia das ditaduras de Cuba, Venezuela, Nicarágua e Bolívia de usar terroristas islâmicos para atacar países que apoiam a democracia".

Conforme o diretor do IID, "os objetivos dos terroristas islâmico-castro-chavistas seriam Brasil, Colômbia, Argentina, Peru, Paraguai..."

Deixe uma resposta