Header Ads

Mondrian

Pezão carregava dólares e outras moedas como 'recordação', diz advogado

O advogado Flávio Mirza apresentou à Justiça uma explicação no mínimo curiosa para o fato de seu cliente, o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, ter levado para a cadeia dólares, euros, ienes, pesos colombianos e outras moedas: "Recordação", disse o advogado.

Em entrevista a O Globo, Mirza disse que as cédulas estavam na carteira de Pezão, quando ele foi preso. “Ninguém escolhe usar peso colombiano para corromper alguém em um presídio brasileiro”, alegou.

Deixe uma resposta