Header Ads

Mondrian

PF já fez 32 operações na tentativa de prender Battisti

A Polícia Federal já fez 32 operações na tentativa de localizar o italiano Cesare Battisti. foragido da Justiça há uma semana. Foi o que disse, nesta sexta-feira, o diretor da Polícia Federal, Rogério Galloro.

O terrorista sumiu teve prisão ordenada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, e  extradição decretada pelo presidente Michel Temer.

Galloro disse que a polícia tem pistas de onde Battisti pode estar, mas, por razões óbvias, não dá  qualquer detalhe. Um avião do governo italiano já está no Brasil para levar o terrorista.

SAIBA MAIS - Battisti foi condenado à prisão perpétua em 1993 sob a acusação de ter cometido quatro assassinatos na Itália nos anos 1970, militando no grupo Proletários Armados para o Comunismo (PAC).

Cesare Battisti fugiu da Itália, viveu na França e chegou ao Brasil em 2004. Foi preso no Rio de Janeiro em março de 2007 e, dois anos depois, o então ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu refúgio.

Em 2007, a Itália pediu a extradição dele e, no fim de 2009, o STF julgou o pedido procedente, mas deixou a palavra final ao presidente da República. Na época, o então presidente  Lula negou a extradição.

A Polícia Federal divulgou 20 possibilidades de novo aparência física do criminoso.


Deixe uma resposta