Header Ads

Mondrian

Contratações, demissões e verbas destinadas nos últimos 30 dias serão revisadas

O presidente Jair Bolsonaro pediu também um relatório completo sobre a destinação de recursos de cada ministério, considerada atípica nos últimos 15 dias.

O governo Jair Bolsonaro está de olho em contratações, demissões e liberação de verbas nos 30 últimos dias. Uma movimentação incomum de exonerações e nomeações determina ampla revisão de todos os atos, anuncia o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, do DEM. A mesma situação foi encontrada em repasses destinados a ministérios.

A maior estranheza reside na movimentação financeira dos últimos 15 dias. O "alto volume" chamou a atenção e o presidente Jair Bolsonaro pediu um relatório completo de cada ministério com o objetivo de conferir para onde foi o dinheiro, por que foi destinado e se há suporte para o gasto.

Bolsonaro não quer recursos públicos escorrendo para o ralo.

Deixe uma resposta