Header Ads

Mondrian

Em Davos, Bolsonaro expressará preocupação com Venezuela

O presidente aproveitará a oportunidade de sua viagem a Davos, na Suíça, para demonstrar sua preocupação com o agravamento da crise na Venezuela, apresentar seu ponto de vista sobre globalização e sobre tecnologia e inovação. Um dos destaques, em Davos, no entanto, serão os aspectos econômicos, particularmente a abertura econômica.

Com uma agenda voltada para a defesa da abertura econômica, do combate à corrupção e do compromisso com a democracia, Bolsonaro embarcou nesse domingo, às 22h, para Suíça.

Ele está acompanhado pelos ministros da Economia, Paulo Guedes; das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; e da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Em sua 39ª edição, o Fórum Econômico Mundial reúne a elite política e econômica global para discutir a conjuntura mundial e estimular a cooperação entre governos e o setor privado.

Deixe uma resposta