Header Ads

Juan Guaidó se declara presidente interino da Venezuela

O presidente do Parlamento venezuelano pediu o apoio dos militares, do povo e da comunidade internacional para destituir o ditador Nicolás Maduro.

O presidente da Assembleia Nacional (Parlamento) da Venezuela, de maioria oposicionista, declarou-se, nesta sexta-feira (11), presidente do país com o apoio da OEA (Organização dos Estados Americanos). Juan Guaidó pediu respaldo aos militares, ao povo e à comunidade internacional para destituir o governo ilegítimo do ditador Nicolás Maduro.

Em discurso para centenas de manifestantes em Caracas, Guaidó citou diversos artigos da Constituição para exigir o poder.

O Brasil já manifestou apoio ao presidente interino, como o chama a OEA, e que pretende assumir e convocar imediatamente eleições gerais.

Deixe uma resposta