Header Ads

'Se cai o chavismo, cai também o socialismo cubano', diz site

"Se cai o chavismo, cai também o socialismo cubano", opina o site Panam Post, de língua esponhola, voltado para Argentina, Colômbia, Bolívia, Brasil, Chile, Equador e México.

O site lembra que o fim da União Soviética obrigou Cuba a adotar medidas emergenciais devido à perda de subsídios recebidos ao longo de 30 anos. A situação restou dramática, como bem demonstra a fotografia abaixo de um coletivo do transporte urbano.

A ditadura castrista só voltou à normalidade com a obtenção de ajuda financeira permanente de parte da Venezuela, completa Panam Post. Em troca, hoje militares cubanos ajudam a sustentar a ditadura de Nicolás Maduro.

Resumindo: o povo venezuelano não tem alimentos nem medicamentos e 3,7 milhões de pessoas já deixaram o país em busca de novas perspectivas de vida, enquanto os cofres de seu país sustentam a ditadura cubana.

Brasil – O processo de transferência de recursos brasileiros para Cuba tinha se iniciado no governo Dilma Rousseff por meio do Mais Médicos. Felizmente, em tempo, o Brasil livrou-se de Dilma, do PT e do risco de socialismo.

Clique para ampliar.