Header Ads

Janaína defende inquérito para Gilmar Mendes esclarecer falas sobre chantagem

A deputada estadual Janaína Paschoal, do PSL de São Paulo, quer que a Procuradoria-Geral da República abra inquérito e chame o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, para esclarecer as declarações de que está sendo chantageado. "Eu estava compreendendo as falas como retórica. No entanto, ele insiste em falar em chantagem, chega a falar em "matar ou morrer", frente à chantagem...", diz Janaína no Twitter.

Ministro fala em 'matar ou morrer' e isso é grave,
diz a deputada do PSL.
Dizendo que Considero a situação muito grave, Janaína argumenta que "não estamos diante de um político, que muitas vezes exagera nas cores de suas falas: estamos diante de um Ministro do Supremo Tribunal Federal!". E cobra: "O ministro Gilmar Mendes precisa ser claro: 1) Quem está sendo chantageado? 2) Por que um ministro do STF está sendo chantageado? 3) Quem é o autor da chantagem? 4) Qual a exigência do chantagista?".

Janaína Paschoal sustenta que, "no lugar de investigar a investigação da Receita, é preciso apurar a chantagem".