Header Ads

Passista é impedida de desfilar por ter tatuagem de Bolsonaro

A passista Erika Canela, de 27 anos, foi impedida de desfilar no carnaval de São Paulo por ter uma tatuagem do presidente Jair Bolsonaro. Um dos destaques da escola Unidos de Vila Maria, Erika escolheu uma silhueta do presidente com o gestual da arminha nas mãos e faixa presidencial.

À revista Fórum, a Unidos de Vila Maria confirmou o impedimento e disse que "não compactua" com a escolha da jovem por "zelar pela alegria, irreverência e cidadania de seus componentes".

Oooohhhhh! Se fosse uma tatuagem do terrorista Che Guevara, a bela Erika, Miss Bumbum 2016, seria aceita e, talvez, até exaltada.

Foto: Instagram, erikacanelaoficial
----------------------
CLIQUE PARA AMPLIAR