Header Ads

Críticos de visto livre para norte-americanos silenciaram quando o BNDES gastou bilhões no exterior em troca de nada

Alguns criticam a falta de reciprocidade para o fim da exigência de visto de entrada para turistas norte-americanos. Quem são os críticos?

Os críticos são os mesmos que silenciaram quando o Brasil financiou o Porto de Mariel em Cuba, linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela), segunda ponte sobre o rio Orinoco (Venezuela), hidrelétricas de San Francisco e Manduriacu (Equador), Hidrelétrica de Chaglla (Peru), Metrô Cidade do Panamá (Panamá), Autopista Madden-Colón (Panamá), Aqueduto de Chaco (Argentina), Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina), Barragem de Moamba Major (Moçambique), Aeroporto de Nacala (Moçambique), BRT de Maputo (Moçambique), Hidrelétrica de Tumarín (Nicarágua), abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru), renovação da rede de gasodutos em Montevideo (Uruguai) e via Expressa Luanda/Kifangondo. Há mais obras.

Metro de Caracas.
Não houve reciprocidade (senão propina para os vagabundos que mandavam em tudo) - e a maioria dos financiamentos bilionários não está sendo paga ao BNDEs, banco usado pelos governos esquerdistas para "presentear" dinheiro dos brasileiros para seus amigos ideológicos mundo afora.

Lista de 17 obras
  1. Porto de Mariel em Cuba
  2. Linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela)
  3. Segunda ponte sobre o rio Orinoco (Venezuela)
  4. Hidrelétrica de San Francisco (Equador)
  5. Hidrelétrica de Manduriacu (Equador)
  6. Hidrelétrica de Chaglla (Peru)
  7. Metrô Cidade do Panamá (Panamá)
  8. Autopista Madden-Colón (Panamá)
  9. Aqueduto de Chaco (Argentina)
  10. Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina)
  11. Barragem de Moamba Major (Moçambique)
  12. Aeroporto de Nacala (Moçambique)
  13. BRT de Maputo (Moçambique)
  14. Hidrelétrica de Tumarín (Nicarágua)
  15. Abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru)
  16. Renovação da rede de gasodutos em Montevideo (Uruguai)
  17. Via Expressa Luanda/Kifangondo.