Header Ads

Bolsonaro pensou em demitir Moro, diz jornalista em livro

O presidente Jair Bolsonaro teria pensado em demitir o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em agosto de 2018, de acordo com o livro Tormenta - O governo Bolsonaro, da jornalista Thaís Oyama.

O livro relata que Bolsonaro ficou indignado ao saber que Moro havia criticado a decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, sobre uso de dados do Coaf, que teria protegido seu filho Flávio Bolsonaro, senador pelo Estado do Rio de Janeiro.

Bolsonaro teria sido demovido da ideia pelo ministro Augusto Heleno.

As informações são da revista Época.

Comentário - É a típica nota de bastidor, que você acredita se for contra o governo e duvida se for a favor. Os dois lados, com argumentos de sobra. A autora não tem prova do que afirma - e nunca terá. E nem se importa com isso certamente. O que deseja é sucesso para o livro.

Mundo político. Mundo cão.

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Foto: Agência Brasil.

Deixe uma resposta