Header Ads

Irã admite que derrubou por engano avião com 176 pessoas a bordo

O Irão admitiu, neste sábado, 11, que derrubou, "não intencionalmente", o Boeing 737, da Ukrainian International Airlines, na última quarta-feira, 8, matando todos as 176 pessoas a bordo.

O avião, que levava 167 passageiros e 9 tripulantes, foi alvejado por mísseis alguns minutos depois de decolar do Aeroporto Internacional de Teerã.

As baterias anti-aéreas da capital do Irão estava ativadas devido ao ataque que o país havia feito contra bases dos Estados Unidos em Bagdá, no Iraque.

Os militares iranianos confundiram o avião de passageiros com um míssil inimigo.

Os Estados Unidos e o Canadá haviam citado informações de inteligência para acreditar que a aeronave tinha sido abatida. O Irã negava e citava problemas técnicos.



Deixe uma resposta