Header Ads

STF pode esvaziar delações e prejudicar a Lava Jato

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, comenta matéria do Valor sobre decisões do Supremo Tribunal Federal que esvaziam delações premiadas:

"Uma série de decisões e leis estão mudando as regras do jogo. Um colaborador ouvido pela reportagem disse que hoje não colaboraria mais e que não ficaria muito mais tempo na cadeia se não tivesse colaborado. É isso que queremos?", escreveu.

Valor diz que "a delação premiada foi colocada em xeque pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e poderá ser esvaziada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), caso a Corte não assegure ao colaborador que a acusação cumprirá as sanções previamente pactuadas no contrato do acordo de colaboração".

Esvaziar delações só favorece a corrupção.


Deixe uma resposta