Header Ads

Vídeo: 'PT nasceu dos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo', diz Gleisi Hoffmann

Depois de Fernando Haddad e Manuela D'Ávila usarem a Bíblia e irem à missa na campanha presidencial, o PT volta a apelar para a religião, agora bem antes da disputa eleitoral. Se em 2018 o alvo principal foram os católicos, agora, são os evangélicos, nas eleições municipais.

A ideia é de Lula. O objetivo é tirar votos de Jair Bolsonaro, forte nessa fatia do eleitorado. De acordo com a coluna Painel, da Folha, o petismo quer conversar com evangélicos das periferias, os pobres. A avaliação do partido é que as cúpulas estão com o presidente e não mudam de lado.

O discurso está pronto. A presidente nacional, Gleisi Hoffmann, afirma que "o PT nasceu dos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo" e, assim, "é justiça, vida, respeito, amor". Quase santo, o PT "católico" quer se tornar "evangélico", sem deixar de ser "católico", claro.

– O PT nasceu das discussões nas comunidades de base. Nasceu influenciado pela linha cristã. Pelos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo. É o partido da justiça, da vida, do respeito, do amor - diz Gleisi, séria.

Depois do apelo à sensibilidade cristã, vem o apelo à militância petista:

– Então os militantes evangélicos do PT têm o grande desafio de conversar com a totalidade do povo evangélico - estimula a dirigente.

A curiosidade é saber como o partido vai conciliar a pauta nova com as antigas. Aborto, por exemplo. O PT é a favor, apesar do novo discurso exaltando a vida e o amor. Evangélicos são contra. Vão esquecer a vida e o amor? Quem vai ceder? Ou quem vai fingir que a divergência nunca existiu?

Há outras pautas dos dois lados: família tradicional, ideologia de gênero, decência política, corrupção, democracia capitalista, ditadura comunista...

O que mais? Ajudem petistas e evangélicos!



Deixe uma resposta