Header Ads

Bolsonaro chama Moro de 'Judas'

O presidente Jair Bolsonaro chamou Sergio Moro de "Judas" em post nas redes sociais ao tratar do ataque de Adélio Bispo, em Juiz de Fora, em 2018, cujas investigações concluíram que o criminoso agiu sozinho. O post é ilustrado com um vídeo indicando que possivelmente três pessoas ao menos ajudaram Adélio a ferir o então candidato a presidente.

Presidente Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução.
"O Judas que hoje deporá (no inquérito sobre suas acusações contra o presidente) interferiu para que não se investigasse?", pergunta o presidente, levantando a suspeita de que Sérgio Moro pode não ter-se interessado o suficiente para esclarecer a terrível ocorrência policial.





Bolsonaro postou nas redes sociais:

- Os mandantes estão em Brasília?
- O Judas, que hoje deporá, interferiu para que não se investigasse?
- Nada farei que não esteja de acordo com a Constituição.
- Mas também NÃO ADMITIREI que façam contra MIM e ao nosso Brasil passando por cima da mesma Constituição.

Deixe uma resposta