Header Ads

'Depoimento de Valeixo é favorável a Bolsonaro e não se justifica manter o inquérito', diz Janaina

A deputada Janaina Paschoal, de São Paulo, afirma que, diferente do que vem sendo publicado, o depoimento do delegado Valeixo sobre a acusação de Sérgio Moro de suposta tentativa de ingerência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal é completamente favorável ao presidente da República: "Dr. Valeixo já havia pedido para sair e, na véspera da demissão, foi consultado".

O depoimento do Dr Valeixo afasta a falsidade ideológica, que havia sido ventilada, pela publicação no Diário Oficial, diz a deputada. "Mas o depoimento foi além, pois o Delegado foi categórico ao assegurar que jamais houve interferência do Presidente em investigações", ressaltou.

Com isso, diz Janaina, não está dizendo que o Ministro mentiu. "Não, ele realmente se sentiu desautorizado e ficou temeroso frente à insistência do Presidente, que é uma criatura que cisma com as coisas, mas qualquer pessoa minimamente conhecedora do Direito Penal dirá que não houve crime".

Janaina acrescenta, enfática: "Não houve crime de nenhuma das partes. Fortes emoções geram embates. Quando convidado, o Ministro não sabia. Mas, hoje, qualquer ser humano que venha a receber um convite do Presidente precisa ter consciência de que ele é difícil".

Janaina Paschoal
Dizendo que precisa ser justa, porque leu o depoimento na íntegra, a deputada afirma que a instauração do inquérito não foi um erro. "Quando a situação eclodiu, realmente, deu ensejo para vislumbrar crimes. Porém, passada a emoção desse primeiro momento, nota-se que manter esse inquérito, diante do que vem sendo colhido, é injustificável".

"Ainda que tal reunião venha a confirmar o show de horrores que vem sendo anunciado, crime, ao que tudo indica, não há. E inquérito serve para apurar crime", disse Janaina Paschoal no Twitter.

Deixe uma resposta