Header Ads

'Impeachment é a última opção', diz ministro Luís Roberto Barroso

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, afirmou, em entrevista ao Estadão, que impeachment não é a maneira ordinária de administrar-se a decepção nas democracias.

Ministro Luís Roberto Barroso. Foto: Divulgação
“Impeachment não é a maneira ordinária de se administrar a decepção nas democracias. A maneira ordinária de se administrar a decepção numa democracia é com eleições. Para que haja um impeachment, é preciso que os fatos sejam graves, demonstrados. Eu, de novo, estou falando em tese. Impeachment não é a primeira opção. É a última opção", disse o ministro.

COMENTÁRIO - Só quem deseja impeachment é a parte podre da imprensa, alguns politiquinhos interessados em minutos de fama e os moleques do MBL, aquelas criaturas que hoje são mandaletes do DEM e que antes ficavam pedindo dinheiro no Youtube. Depois não assisti mais.

Respeitei a democracia, perdedores!

Deixe uma resposta