Header Ads

'Milhões já sentem como é viver na Venezuela', diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro postou no Twitter, neste domingo (10), críticas ao governador comunista do Maranhão, Flávio Dino, baseado em um vídeo. Dentro de um ônibus, policial aborda os passageiros para saber quem vai trabalhar e quem não vai para descer imediatamente. A providência arbitrária segue o que determina decreto do governador do PCdoB.

“Documento e declaração de que vai trabalhar… Senão, desce. Assim o povo está sendo tratado e governado pelo PCdoB do Maranhão e há situações semelhantes em mais estados. O chefe de família deve ficar em casa passando fome com sua família. Milhões já sentem como é viver na Venezuela”, afirmou o presidente.

Deixe uma resposta