Header Ads

Nelson Teich deixa o Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (15) que o ministro Nelson Teich pediu exoneração do cargo. No comunicado, a pasta não esclarece o motivo da saída, mas informa que uma coletiva de imprensa será marcada para a parte da tarde.

Teich pede demissão.
"É o dia mais triste da minha vida. Mas não vou manchar a minha história por causa da cloroquina", teria dito o ministro, após reunião que durou 15 minutos com o presidente Jair Bolsonaro.

Teich assumiu o cargo há um mês, após a saída do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em 16 de abril.


Mandetta e o presidente Jair Bolsonaro divergiam sobre os caminhos para o combate à pandemia do novo coronavírus no país, como as medidas de isolamento social e o uso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes.

Bolsonaro disse nesta sexta-feira que o Ministério da Saúde deve alterar o protocolo sobre o uso da hidroxicloroquina para pacientes com o novo coronavírus. "O protocolo deve ser mudado porque o Conselho Federal de Medicina disse que pode ser usado desde os primeiros sintomas”, comentou Bolsonaro.

Deixe uma resposta