Header Ads

Rejeição de Bolsonaro nas redes sociais chega a 65% com saída de Teich, diz AP Exata

A saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde já teve reflexos negativos para a imagem do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais, de acordo com a empresa AP Exata.

Uma hora depois da demissão de Teich, a AP Exata captou que a rejeição a Bolsonaro nas redes sociais chegou a 65% – um aumento de 11 pontos em relação ao período anterior a esse cenário, relata o site do Estadão.

Saída de ministros tem repercussão negativa.
O presidente vem perdendo apoio nas mídias digitais desde o início do ano, mas enfrentou os piores momentos recentemente, com as saídas de Sérgio Moro, ex-titular da Justiça, e de Luiz Henrique Mandetta, que comandava o Ministério da Saúde antes de Teich.

Comentário - Bolsonaro precisa controlar seus impulsos ou vai flertar perigosamente com o impeachment em pouco tempo.

Deixe uma resposta